Nota Fiscal Avulsa: o que é e como utilizar?

2/10/2020 | Auditto Explica, Blog, nota fiscal eletrônica | 0 Comentários

Quando o assunto é nota fiscal, é comum que pessoas físicas e jurídicas tenham muitas dúvidas. Hoje, abordaremos informações sobre a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica. Trata-se de uma solução gratuita que tem o intuito de registrar a operação comercial por quem não tem a obrigação de emissão devido ao ramo de atividade e por quem é pessoa física e jurídica não contribuinte do ICMS.

A Nota Fiscal Avulsa (NFA-e) é bastante utilizada, principalmente por se tratar de um documento fiscal legal constituído para fins fiscais. Para saber quando e como ela deve ser emitida, prossiga com a leitura.

O que é e como funciona a Nota Fiscal Avulsa?

A Nota Fiscal Avulsa (NFA-e) é um documento que pode ser emitido tanto em papel quanto em formato eletrônico. Seus principais objetivos são comprovar a regularidade da transação comercial e servir para recolhimento correto de impostos.

Como mencionamos, a NFA-e deve ser emitida apenas em eventualidades. Ela também só é usada em vendas recorrentes porque depende de uma autorização individual que é obtida por meio da Sefaz correspondente.

Apesar de ser emitida tanto digitalmente quanto em formato impresso, vale destacar que a Nota Fiscal Avulsa é um documento fiscal, logo, deve ser armazenado em papel pelo prazo mínimo de cinco anos. Caso contrário, multas e sanções poderão ser aplicadas.

Quais são as vantagens da Nota Fiscal Avulsa?

Apesar de o processo de emissão da NFA-e ser pouco dinâmico, o documento tem muitas vantagens, principalmente para o Microempreendedor Individual (MEI). Além disso, é uma ótima alternativa para as empresas que estão em operação, mas estão sem acesso momentaneamente aos sistemas que validam ou emitem a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

O Microempreendedor Individual não é obrigado a emitir notas em vendas para o consumidor. Caso a venda seja feita para pessoas jurídicas, graças à Nota Fiscal Avulsa é possível negociar diretamente, sem a necessidade de uma NF-e ser emitida. Esta representa custos maiores, portanto, a NFA-e é uma ótima solução.

Outro ponto de destaque é a validade das operações tanto de compra quanto de venda. Nenhuma das partes perdem com a NFA-e. Inclusive, os consumidores podem fazer o monitoramento do documento pela internet.

Existem desvantagens desse modelo de nota fiscal?

A falta de dinamismo para a geração da NFA-e torna o processo pouco prático. Isso porque é necessário ter uma autorização sempre que cada nota for gerada. Então, toda vez que uma nova emissão é feita, é preciso preencher todos os campos novamente, sendo bem repetitivo.

Além disso, quando emitida em papel, a NFA-e pode dificultar o armazenamento e ainda comprometer a entrega ao cliente, principalmente se ele estiver em outro local. E como a emissão é diferente de acordo com as regras de cada Sefaz, há algumas limitações para este processo.

E como emitir a Nota Fiscal Avulsa?

A emissão dependerá da Sefaz de cada estado e cidade. Por esse motivo, é importante ter atenção às exigências de cada órgão. Algumas instituições permitem que a solicitação seja feita via internet. Nesses casos, basta acessar o site, fazer um cadastro, preencher os formulários e gerar um login com protocolo e senha para que a emissão seja feita.

Uma alternativa para os empresários que nunca executaram o processo é contar com o auxílio de um contador. Essa medida, além de prática, também evita problemas fiscais.

Como gerenciar notas fiscais com segurança e praticidade?

Apesar de simples, a emissão de notas fiscais é suscetível a falhas, que podem gerar prejuízos financeiros. Uma forma de otimizar esse processo é por meio de um software fiscal. Todo o processo é feito de modo robotizado, o que significa que não há a necessidade de intervenções humanas.

A primeira vantagem é a agilidade nos processos, afinal, a ferramenta assume a tarefa de emitir notas fiscais. Por consequência, os erros que seriam facilmente cometidos manualmente são eliminados, pois os robôs inteligentes atuam de forma automatizada.

Mais praticidade e segurança no processo de emissão de notas são garantidos por meio de um software fiscal. Dessa forma, é possível se dedicar a tarefas que exigem mais atenção enquanto as atividades repetitivas ficam por conta da ferramenta.

A Nota Fiscal Avulsa é uma solução interessante, mas que demanda atenção no processo de emissão. As vantagens, principalmente para o MEI, realmente impactam de forma positiva a rotina dos profissionais e do negócio como um todo.

É preciso, no entanto, ter atenção ao processo de emissão, que pode ser pouco dinâmico a depender do Sefaz. Mas contar com um software fiscal é uma ótima forma de ganhar em tempo, produtividade e segurança. Atributos indispensáveis para uma excelente gestão empresarial.

E você, gostou de saber mais sobre a Nota Fiscal Avulsa? Aproveite a visita em nosso blog e veja 6 vantagens da robotização fiscal

Sobre a Auditto

A Auditto é uma empresa especialista na oferta de soluções completas de software de alto valor tecnológico para redução da carga tributária, recuperação de créditos e compliance fiscal.

Siga-nos em nossas redes: